quinta-feira, agosto 26, 2004

Impressões de uma noite

Noite morta
Abafamento
Apenas barulho de automóveis,
Ventiladores.

Retratos,
Rostos sempre sorrindo
Sorriso que já perdeu a graça.
Empoeirou.

Sapatos espalhados
Meias jogadas no chão
Muitos papéis com anotações:
Telefones, recados...

Às vezes passarinhos cantam
Luzes piscam,
Varandas acendem e apagam
"montanhas de gente"

Até os cachorros latem.